terça-feira, agosto 29, 2006

Mês de Agosto

São 9.10 da manhã, acabei de me sentar. O comboio arrancou, liguei o ipod, a música é sempre a mesma "Antony and the Johnsons". O cansaço também é sempre o mesmo...
As férias terminam domingo, um mês passou num ápice.
Foi um mês caminhante, que caminhou, mesmo quando eu parei, um mês que quis ensinar-me, quando eu não quis aprender. Um mês longe de espaços agrestes de memórias, longe da minha casa.
Foi "O" mês em que fiz 30 anos, em que andei de um lado para o outro, em que li alguns livros pendentes, vi alguns filmes que perdi no cinema. O mês em que muito ri e muito chorei. O mês em que fui corajosa, mas o mês em que temi. O mês que amei e desamei e voltei a amar (mesmo com diferentes tipos de amor, como diz alguém que amo). O mês que sonhei e confirmei a minha recusa no acordar. O mês em que compreendi o que não queria aceitar. O mês em que vi o que não queria ver. O mês em que senti, senti, senti, tudo até à exaustão. O mês em que gritei e esperneei do fundo da alma. O mês em que vi com lucidez a rapidez com que a vida nos apanha e nos testa. O mês em que me revisitei como aluna indisciplinada. O mês em que acabei por dar um sinal a mim própria.
O mês em que, alguém que amo, me propôs um desafio: "Acredita na Magia; Sente..."
Este, em que escrevo, é ainda o mesmo mês, mas vou disciplinar-me a acreditar e a sentir este mês e todos os outros que hão-de vir...

Etiquetas:

5 Comments:

Blogger Lua Obscura said...

:) Linda menina! Viver é mesmo isso! Temos que chorar e rir, mas podemos sempre optar por rir mais do que chorar! Lembra-te que tens sempre a opção! :*

"O segredo é não correr atrás das borboletas.
E sim cuidar do jardim para que elas venham até nós."
Mario Quintana

3:46 da tarde  
Blogger Arpedro said...

Fiquei baralhada! Tu respondes a ti própria?!
Bom, de qualquer forma, fiquei com uma enorme vontade de me sentar horas a conversar contigo. O que é que se passa nessa tua cabeçinha linda e nesse teu coraçãozinho complicado???
Espero que fiques bem e que te encontres.

Beijo grande

10:51 da tarde  
Blogger d. said...

ups... o primeiro comentário é meu... estava registada como lua obscura para alterar umas coisas no template! :s
beijos ... vou ali ver se acordo! lol

8:31 da manhã  
Blogger magarça said...

A aprendizagem de agosto dará doces frutos em setembro...

7:42 da tarde  
Blogger sandra said...

só agora me apercebi deste texto intimista. Ena, amiga, não me apercebera de tanto tumulto. Ou se calhar até percebi, mas não dessa tua leitura clarividente dos teus passos de Agosto. Gostei também do texto em si. Gosto também muito de ti. Para quando o tal jantar a três?

3:24 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer