terça-feira, setembro 19, 2006

Retratos do Amor (3)


Amor, palavra aguda que agudiza o espírito e o coração.

Falamos tanto de amor, de paixão e de desejo, que na confusão dos dias acabamos a falar de carinho, amizade e ternura.
O Ser Humano é complexo, ou faz por tornar-se complexo, quando fala da razão e do coração.
O Ser Humano chega a ser idiota, porque idealiza demais, sonha em quantidades exorbitantes, exige demais e no fim da estrada encontra uma encruzilhada que ele próprio construiu.
Depois pára, olha e sofre porque não sabe por onde ir.
A questão é que no fundo, bem no fundo da alma, sabe que caminho trilhar, mas tem medo e sente-se perdido porque recriou a confusão, o desconforto e a indecisão.
No Ser Humano reside o masoquismo e a auto-compaixão tão exacerbados que prefere desconstruir o processo da certeza e construir o processo da indefinição.
E, ao tomar uma decisão, podem daí advir uma série de resultados:
1º Tomou a decisão certa, mas não sente, porque construiu a estrutura da confusão, e só o saberá definitivamente quando a vida lho provar.
2º Tomou a decisão errada, mas não sabe, porque está demasiado embrulhado, só o saberá quando a vida lho ensinar.
3º Não tomou nenhuma decisão e a vida (ou ele próprio) ensinou-o bem ensinado, ficou sozinho, a lamentar-se e a comprazer-se na sua própria dor (masoquista), a dor do que perdeu, do que não quis evitar, do que não soube conquistar ou segurar.

Etiquetas:

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Há mais resultados...

6:09 da tarde  
Anonymous Legna said...

"Mal de Amor?!"... :(

12:46 da tarde  
Blogger sandra said...

Um texto teu, finalmente! retiro a reclamação acima! Já agora permite-me: julgo ser mesmo assim, esta história da encruzilhada da vida, com um rumo que não é teu. Ainda que em momentos o seja e é aí que tens de agir, e sempre de acordo com a tua moral, que é diferente dos teus desejos... como disseste, a « questão é que no fundo, bem no fundo da alma, sabe que caminho trilhar, mas tem medo e sente-se perdido porque recriou a confusão, o desconforto e a indecisão.» São estes últimos que terás de apagar. E tu consegues, não é Leoa? Minha querida Leoa.. Bjo

7:23 da tarde  
Anonymous Maria said...

"a questão é que no fundo, bem no fundo da alma, sabe que caminho trilhar"!

É incrível a capacidade que temos de complicar quando "no fundo" até temos a resposta! :)

O coração não nos engana! Se pararmos para ouvir o coração temos todas as respostas! ;) Boa sorte! :*

4:23 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer