quarta-feira, outubro 18, 2006

"Lady in the Water"


Realização:
M. Night Shyamalan

Elenco:
Paul Giamatti
Bryce Dallas Howard
Freddy Rodríguez
Jeffrey Wright
M. Night Shyamalan


Sinopse:
Cleveland Heep (Giamatti) salva uma jovem misteriosa (Howard) de perigo e descobre que esta é uma Narf, uma personagem de uma história infantil que se encontra na complicada jornada de retornar do nosso Mundo para o dela. Cleveland trabalha conjuntamente com os seus inquilinos para proteger a sua nova e frágil amiga de criaturas mortíferas que estão determinados a impedir o seu regresso a casa.

Comentário:
Podem criticar, dizer mal, desdenhar, comparar ou denegrir "Lady in the water". A mim, particularmente, agradou-me bastante. É diferente de outros filmes de Shyamalan, mas todos os filmes dele são diferentes...
Aliás, o que me agrada neste jovem cineasta, é a sua capacidade de nos espantar e nos conduzir por mundos tão diferentes entre eles. Tenho as minhas preferências na sua filmografia, mas no geral encontro interesse em todos os seus filmes.
Entre essas preferências (Unbreakable;The village) vou colocar certamente "Lady in the Water" ao qual atribuo a caracterização de doce, sublime e de grande beleza.
Um universo a não perder...

Etiquetas:

5 Comments:

Blogger sandra said...

Amiga, temo discordar mais uma vez... não o achei nada de especial. Vi o trailer e aguçou-me a vontade de o ver. Depois foi desilusão pura. O enredo está fraquito, a meu ver, com momentos semi-descabidos... enfim, opiniões...

10:54 da tarde  
Blogger Lua Obscura said...

Os momentos semi-descabidos fizeram-me rir bastante, sensação que não costumava ter nos filmes dele. E, como sabes a lamechas que sou, este também me fez chorar. LOL

2:35 da tarde  
Blogger d. said...

:)

3:27 da tarde  
Blogger Nat aka Psipsina said...

No primeiro dia de greve lá fui ver a senhora das águas. Fiquei desapontada pois não consegui entrar no "universo" e nem foi pelos momentos descabidos pois isso nem sempre é razão para retirar a magia dos filmes. Foi mesmo a mistura, para mim, pouco conseguida, entre a comédia e a fantasia. A credibilidade da fantasia parece que, quando começava a "cimentar"-se, havia qualquer coisa que me puxava para a realidade e não me deixava embalar na estória. Estranho, muito estranho. E acrescento que sou grande fã da filmografia de Shyamalan.

9:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ainda não vi, mas só ouvi coisas boas... Assistirei com certeza (ainda mais sendo fã fervoroso de A Vila).
Beijos, Marco.

2:16 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer