quarta-feira, novembro 01, 2006

Salazar - Agora, na hora da sua morte



Salazar: Agora, na Hora da Sua Morte
Cotrim, Joao Paulo/ Rocha, Miguel
Editor: Parceria a. m. Pereira
Ano de edição: 2006
Local de edição: Lisboa
















Salazar como nunca o vimos
F. Cleto e Pina



Tem por título "Salazar - Agora, na hora da sua morte" e é um dos lançamentos mais surpreendentes da BD portuguesa contemporânea, que raras vezes tem sabido ser polémica ou provocadora, mostrando que vive uma fase de maturidade e pode seduzir fora do seu círculo de leitores habituais.

Na sua origem, explica João Paulo Cotrim, o argumentista, "esteve um curioso convite da Parceria A. M. Pereira", chancela original das entrevistas de António Ferro ou das "Férias com Salazar", de Christine Garnier.

Mas faz sentido uma biografia de Salazar em BD? "Porque não? É uma figura tão produtiva, de soturna complexidade, que se estranha não ter sido abordada mais vezes por outros objectos artísticos. A BD possui ferramentas que permitem uma variedade extraordinária. Há coisas que só podem ser ditas com um romance desenhado".

Esta é uma obra madura, distinguida pelo Festival de BD da Amadora como Melhor Álbum, Desenho e Argumento e "o muito saboroso prémio das escolas". Um ano e meio - ao longo do qual decorreram "conversas com investigadores, reportagem jornalística e consulta a livros de época e fotobiografias" - foi quanto demorou o trabalho .

in "Jornal de Notícias"

Curiosa abordagem da vida de Salazar, sem dúvida visto noutra perspectiva!

Etiquetas:

5 Comments:

Blogger Thiago Forrest Gump said...

Gosto desse tipo de blog!

Vou voltar mais vezes.



Abraços.

4:49 da tarde  
Blogger Unicus said...

A BD pode ser importantissimo veiculo de controvérsia. Até pelas suas características. Vou procurar encontrar.
Beijos

5:12 da tarde  
Blogger _Loot_ said...

Tou ansioso por lhe por as mãos em cima. E já agora quem puder aconselho a ir ao FIBDA que este ano está fabuloso.

9:50 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Pois eu já lhe pus as mãos em cima e não o comprei.
Mas já me atirei da janela de um décimo andar dez vezes, para me castigar...

R. Pinheiro

7:37 da tarde  
Blogger Lua Obscura said...

LOLOLOLOL

10:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer