quinta-feira, setembro 27, 2007

Memorial do Convento


Publicado em 1982, o Memorial do Convento, de José Saramago, narra o período de construção de um Convento, em Mafra, em cumprimento de promessa feita pelo rei D. João V. Concomitantemente, é narrada a construção de uma passarola, sonho do padre Bartolomeu com os auspícios do rei, mas perigosamente à margem do Santo Ofício. O padre é ajudado pelo casal Baltasar / Blimunda.

"Prometo, pela minha palavra real, que farei construir um convento de franciscanos na vila de Mafra se a rainha me der um filho no prazo de um ano a contar deste dia em que estamos…"

"Lembras-te da primeira vez que dormiste comigo, teres dito que te olhei por dentro, Lembro-me, Não sabias o que estavas a dizer, nem soubeste o que estavas a ouvir quando eu te disse que nunca te olharia por dentro. (...) Eu posso olhar por dentro das pessoas.
(...) mas só vejo quando estou em jejum, perco o dom quando muda o quarto da lua, mas volta logo a seguir, quem me dera que o não tivesse"

"Aquele que ali vem é o padre Bartolomeu Lourenço, a quem chamam o Voador"
"Tenho sido a risada da corte e dos poetas, um deles, Tomás Pinto Brandão, chamou ao meu invento coisa de vento que se há-de acabar cedo, se não fosse a protecção de el-rei não sei o que seria de mim, mas el-rei acreditou na minha máquina"


Comentário:
Apraz-me apenas dizer que: primeiro estranha-se, depois entranha-se...

Etiquetas:

6 Comments:

Blogger Ramon Scheidemantel said...

Quando estava na universidade comecei a ler este livro, mas por motivos de estudo tive que parar.
É uma obra-prima, sem dúvida. Porém bastante complexa em sua escrita.
Bom... analisar sem conhecer a obra inteira é heresia.
Ainda vou lê-lo inteiro, e aí comento.

Muito legal seu blog. Obrigado por adicionar o Cinema em Casa nos links. Já retribuímos sua gentileza.

10:16 da tarde  
Blogger Rui Luís Lima said...

Embora não seja grande leitor de Saramago, adorei ler o "Memorial do Convento", embora "O Ano da Morte de Ricardo Reis" seja o meu preferido.
cumprimentos cinéfilos e bom fim-de-semana.

1:01 da tarde  
Blogger Arpedro said...

Só para ficar esclarecida: gostaste do livro, portanto? Curioso... LOL

9:30 da tarde  
Blogger Lorde David said...

Foi o primeiro livro de Saramago que li. Era a época dos exames para entrar na universidade e lembro-me de ter gostado muito, apesar de que lê-lo era uma difícil, mas envolvente empreitada. Hoje, relendo-o, talvez tivesse uma opinião distinta. E gosto também de A História do Cerco de Lisboa. Um beijo.

10:38 da tarde  
Blogger LF said...

Tal como o Rui Luis Lima, também gostei bastante de "Memorial", mas o "Ano da Morte de Ricardo Reis" foi o que mais me marcou do autor, e terá sido mesmo um dos melhores romances que li na minha vida.

12:55 da tarde  
Blogger sandra said...

E como é que se entranhou, afinal?

8:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer